Espaços partilhados com acesso a todos, passeio de veículos elétricos e mais estacionamentos no Bairro da Nazaré

molbilidade
A mobilidade urbana será o tema central durante uma semana no Funchal.

Durante uma semana, de 16 a 22 de setembro, a mobilidade será o tem central na cidade do Funchal, entre a Placa Central e a Avenida do Mar, com o vereador Domingos Rodrigues a considerar que esta temática é essencial para “divulgar as medidas e estratégias da Câmara Municipal em relação à mobilidade sustentável”.

Esta Semana da Mobilidade inclui uma exposição sobre “A mobilidade urbana no Funchal, passado, presente e futuro”, um passeio de veículos elétricos, no sábado, conjuntamente com a abertura de um posto de carregamento de veículos elétricos no parque de estacionamento do edifício 2000. Domingo, haverá encerramento da Avenida do Mar, apelando à participação dos munícipes para diversas atividades, sem especificar.

Na segunda-feira, a mobilidade urbana no Funchal, será alvo de abordagem sobre as questões da logística urbana na cidade e com o plano de mobilidade urbana, documento que está em fase final de elaboração. Domingos Rodrigues diz que na globalidade, “há projetos em curso, uma zona pedonal, espaço partilhado, na Avenida Zarco sul, acessível a pessoas com mobilidade reduzida. O mesmo conceito na Rua do Favila, Praça do Turista e Rua Imperatriz Dona Amélia. São zonas capazes de receber todas as pessoas”.

O reordenamento do estacionamento do Bairro da Nazaré será uma realidade, com a criação de 130 novos lugares, bem como a segunda fase da Avenida da Madalena, parte norte, que constitui uma “obra relevante para a segurança das pessoas”, com o vereador da Câmara do Funchal a sublinhar que “desde que as obras foram implementadas, nunca mais existiram atropelamentos, que antes eram frequentes”.

Ainda no âmbito das acessibilidades, está terminado o projeto e já tem parte do financiamento, a melhoria dos acessos em toda a Estrada Monumental.