Campanha “Madeira Move” no Porto Santo

.

Depois de Câmara de Lobos, Ponta do Sol e Calheta, a campanha de sensibilização pública para a mobilidade eléctrica, MADEIRA MOVE, chegará amanhã ao Porto Santo, numa acção que se realizará lugar junto ao actual ponto de carregamento existente, a partir das 12 horas horas, refere nota da Secretaria Regional da Economia, Turismo e Cultura.

O que se pretende é informar e sensibilizar para as vantagens que decorrem da opção pela mobilidade eléctrica. A iniciativa tem vindo a conquistar as atenções, tendo por base a experiência e a interacção directa das pessoas com uma nova realidade que se pretende cada vez mais próxima e reconhecida, em cada um dos 11 concelhos da Região.

No caso do Porto Santo, esta acção de sensibilização pública ganha uma particular relevância, uma vez integrada na estratégia para o desenvolvimento sustentável do território que é defendida, pelo Governo Regional, no âmbito do Projecto “Porto Santo Sustentável – Smart Fossil Free Island”, conforme realça o secretário regional da Economia, Turismo e Cultura, Eduardo Jesus.

Trata-se de um projecto que pretende transformar o Porto Santo «num território mais sustentável e capaz de garantir, simultaneamente, uma maior qualidade de vida aos seus residentes e futuras gerações, mais e melhores oportunidades para a economia local, maior capacidade para a criação de emprego junto da população residente, menor dependência externa e, naturalmente, a optimização dos recursos naturais existentes».

Devidamente integrado na Estratégia Europeia “20-20-20’, o Projecto Porto Santo Sustentável assenta num conceito que é simples e que passa por aliar a tecnologia à eficiência energética e à sustentabilidade, também ambiental.

É neste enquadramento que se materializa a campanha MADEIRA MOVE, acção que, conforme já é do conhecimento público, integra a estratégia regional e o Plano de Acção para a promoção da mobilidade eléctrica que o Governo Regional assumiu, como prioridade, para este mandato.

Ao longo do mês de Setembro e até ao final do ano, serão vários os momentos que servirão de suporte a esta comunicação, tendo por base uma forte componente prática, associada à participação activa das empresas e dos concessionários que, na Região, têm a responsabilidade pela promoção e venda deste tipo de produtos, mas, também, à presença e colaboração de outros parceiros.