Turista holandesa teve de ser socorrida, devido a queda na vereda da Ponta de São Lourenço

Segundo uma informação da Capitania do Porto do Funchal, esta entidade coordenou hoje o resgate de uma turista holandesa, que estava a percorrer a vereda da Ponta de São Lourenço. Com 53 anos, sofreu uma queda, o que obrigou ao seu socorro, por suspeita de ter partido um braço, pelo Sanas. A associação de socorro marítimo enviou uma embarcação para o cais do Sardinha, para recolher a turista sinistrada, levando-a para a Quinta do Lorde, onde a aguardava uma ambulância. O Sanas transportou para o cais do Sardinha uma equipa de Bombeiros Municipais de Machico desde a Quinta do Lorde, os quais assistiram a turista que se magoou.

Recorde-se que têm sido inúmeros os acidentes de pequena gravidade nesta vereda da Ponta de São Lourenço, que até nem é nada difícil, e que têm obrigado a evacuação dos cidadãos estrangeiros. Muitas vezes, é observável que os visitantes se aventuram pela vereda sem calçado adequado. O FN já viu turistas do sexo feminino, de vestido e de chinelas de meter o dedo, a avançar pela vereda fora.