Monte, 10 e 11.09.17: espanhóis de motosserra cortam galhos de árvores e suscitam dúvidas

O Monte passou a contar com a presença de uns indivíduos, que dizem ser espanhóis, e que andam a cortar galhos de árvores, suscitando dúvidas junto dos moradores locais. Nova limpeza avulsa? Uma intervenção estruturada junto das espécies doentes?  Como não há resposta nem local nem oficial às questões, os populares só veem desfilar no centro da freguesia ora uns ora outros, mostrando que estão atentos à poda das árvores. Hoje têm o mesmo trabalho marcado para o Largo da Fonte.

Trepam as árvores de pequenas motosserras em punho, sobem às alturas suportados por cordas e cortam galhos de árvores junto à área de estacionamento do pároco do Monte.

Entretanto, o inquérito e peritagens em curso para apurar as circunstâncias criminais da tragédia de 15 de agosto, com um balanço inesquecível de 13 mortos e meia centena de feridos, continuam em estudos, nos gabinetes, ainda sem resultados.

Na noite de ontem, ainda movimentações no Largo da Fonte por parte de funcionários da Câmara Municipal do Funchal.