Bispo do Funchal lamenta falecimento do bispo da Diocese do Porto, D. António Francisco dos Santos

O bispo do Funchal, D. António Carrilho, declarou hoje, em comunicado de imprensa, que recebeu “com surpresa e grande tristeza”, a notícia do falecimento de D. António Francisco dos Santos, bispo da Diocese do Porto.

 ““Nas Tuas mãos” (in manus tuas) foi o seu lema episcopal e todo o programa da sua vida, de entrega e de doação a Deus, na Igreja. Foi nomeado Bispo do Porto em 2014 e acolheu esta missão com toda a sua alegria e dedicação, com amor à Igreja”, recorda o prelado.

 “Em Fátima, no sábado passado, na peregrinação da diocese do Porto, disse com grande emoção que “esta é a hora em que todos são chamados, guiados pela mão de Maria, a ir ao encontro de Cristo e a partir de Cristo a anunciar, com renovado vigor e acrescido encanto, a beleza da fé e a alegria do Evangelho. Viver em Igreja a paixão evangelizadora é a nossa missão”. Seja este desafio vivido, agora, em toda a diocese, abraçando-se o futuro com o coração no Coração de Deus”. 

 O bispo do Funchal manifesta a sua solidariedade aos seus familiares e “a todo o povo de Deus da Diocese do Porto, que tive o gosto de servir, como Bispo Auxiliar, ao longo de oito anos, e à qual me sinto profundamente unido”.

 “Que Deus acolha, na Sua misericórdia, o saudoso D. António Francisco, na companhia da Virgem Santa Maria e de todos os Santos, e faça brilhar sobre ele a Luz eterna do Céu. Convido a nossa Diocese do Funchal a unir-se aos sentimentos e à oração da Diocese do Porto, nesta hora de dor e de esperança”, conclui.