JSD-M critica “discriminação” do Governo nacional para com os estudantes universitários da Madeira

A JSD Madeira denunciou hoje a “contínua descriminação do Governo da República face aos estudantes do ensino superior da Madeira”.

Aquela estrutura partidária se juventude diz não se compreender “como é possível que sendo o Ensino Superior, tutela por excelência do Governo da República, seja discriminado nas Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores, pelo simples facto do sistema de transportes públicos ser concessionado e autorizado pelo Governo Regional”.

“Entendemos assim”, diz a JSD, “que o Governo da República (des)promove com dois pesos e duas medidas os estudantes das suas regiões ultra-periféricas, e consequentemente exortamos os órgãos de Autonomia da Madeira e dos Açores a unirem forças relativamente a este assunto e a exigir o fim da descriminação feitas aos estudantes do ensino superior das Regiões Autónomas”.

“Por último, mas não menos importante, chamamos a atenção do Governo da República para que estude modelos de apoio à utilização de transportes públicos, por parte de estudantes do ensino superior, que tenham por base passes de valor fixo semestral, à semelhança do que acontece em vários Estados-Membros da UE”.