CDS-PP critica situações no Centro de Abastecimento dos Canhas, que penalizam os agricultores

A candidatura do CDS-PP à Câmara Municipal da Ponta do Sol, liderada por Sara Madalena, criticou hoje o facto de a empilhadora do Centro de Abastecimento Agrícola da Madeira, nos Canhas, estar avariada há vários meses. Segundo referiu este partido, a porta-paletes também não funciona há muito tempo e as duas câmaras frigoríficas estão avariadas, consubstanciando uma situação que acarreta enormes custos para os agricultores, porque logo depois da lavagem dos produtos têm de os trazer para o Funchal.
Há quase cinco meses que a época da apanha da cana-de-açúcar terminou, mas os agricultores ainda não receberam qualquer pagamento, refere o CDS.
Estes problemas, com repercussões nos orçamentos dos agricultores da Ponta do Sol, foram enumerados em frente à porta do Centro de Abastecimento Agrícola dos Canhas pelo candidato do CDS-PP à Junta de Freguesia local. Nelson Agrela fez-se acompanhar da candidata do CDS-PP à Câmara da Ponta do Sol, Sara Madalena, e de mais candidatos à vereação e juntas de freguesia, refere um comunicado centrista.
“O compromisso do CDS-PP é no sentido de chegar até junto das entidades competentes e fazer tudo o que puder para que estas situações sejam resolvidas e não se repitam”, assumiu o candidato, que criticou a decisão de terem acabado com a Noite do Mercado ali no Centro de Abastecimento para o realizar na vila. Sara Madalena, que tem assumido uma política de descentralização dos eventos e acontecimentos culturais, já afirmou que se vencer a Câmara, a Noite do Mercado volta às suas origens.