Candidato do PSD quer que a Camacha volte a ser conhecida como terra das flores

Foto DR.

A candidatura do PSD à Junta de Freguesia da Camacha defendeu ontem a necessidade de ser dada “outra importância” aos caminhos agrícolas e veredas, tendo Hélder Diniz Silva afirmado a possibilidade destes caminhos serem alvo de candidatura a fundos europeus.

“O que temos para vender é as nossas levadas, os nossos caminhos e isso é muito importante nos dias de hoje, quer para o turismo externo, quer interno”, disse.

O candidato do PSD sublinhou que são muitos os estrangeiros e madeirenses que visitam a Camacha para os percursos a pé, havendo muito por oferecer a esse nível na freguesia, apesar de alguns desses caminhos serem ainda pouco conhecidos e estarem, em muitos casos, pouco preservados.

Hélder Diniz Silva pretende também que a Camacha volte a ser conhecida como a terra das flores.

“A Camacha está na origem da Festa da Flor, que é um cartaz turístico madeirense”, lembrou, salientando que é preciso tornar a freguesia mais florida, dando o exemplo dos novelos tão característicos ao longo dos caminhos.

A recuperação das quintas é outra preocupação da candidatura, tendo Hélder Diniz Silva defendido o incentivo aos empresários para que voltem a apostar em muitas destas casas que estão abandonadas, de modo a trazer mais pessoas à freguesia e dar outra dinâmica ao comércio.