Como votaram as Câmaras desde 1976?: Porto Moniz (só) ‘virou’ PS em 2013

Depois de percorrer cada uma das 54 freguesias da Madeira, o Funchal Notícias começa hoje uma abordagem específica sobre as votações nos 11 concelhos da Região, quer para o órgão executivo (Câmara Municipal) quer para o órgão deliberativo (Assembleia Municipal).

Começamos pelo Porto Moniz.
Neste concelho da costa norte da Madeira, o PSD sempre governou com maiorias absolutas nos 10 mandatos ‘laranja’, entre 1976 e 2013.

O PS de Emanuel Câmara insistiu sempre mas só conseguiu ganhar a Câmara em 2013 com 49,1% dos votos.

Foi o melhor resultado de sempre do PS. O pior resultado dos socialistas tinha sido em 1982 (3%).

Das governações ‘laranja’, o melhor resultado do PSD foi em 1989 (69,7%) e o pior resultado em 2013 (46,5%).

Embora nunca tenha ganho a Câmara, o CDS já teve alguma expressão no Porto Moniz, sobretudo nas décadas de 70 e 80. O seu melhor resultado foi em 1982 (42,5%) e o seu pior resultado nas últimas Autárquicas de 2013 (1,3%).

Em 2001, PS e CDS deram as mãos, mas a coligação não foi além de 36% dos votos.

PCP/APU e BE/UDP nunca atingiram sequer a fasquia do 1%.

Para a Assembleia Municipal do Porto Moniz, não existe propriamente um decalque da votação para a Câmara mas anda lá perto.

Em 1976, 79, 82, 89, 93, 2005 e 2013, o PSD obteve mais votos para a Assembleia do que para a Câmara.

Em 1985, 97, 2001 e 2009, o PSD obteve menos votos para a Assembleia do que para a Câmara.

Do lado do PS, em alguns escrutínios, a ‘performance’ eleitoral foi mais bem conseguida para Assembleia do que para a Câmara, designadamente nos dois últimos atos eleitorais de 2009 e 2013.

No Porto Moniz apenas PSD, PS e CDS conseguem eleger os 15 deputados municipais.

PCP e BE têm ficado de fora. Aliás, a UDP só concorreu duas vezes a este órgão deliberativo, em 1997 e 2001.