Perímetro da tragédia vedado no Monte: inspetores da PJ já deixaram o local e CMF limpa espaço sob olhar da PSP

Funcionários da Câmara do Funchal procedem à limpeza no Largo da Fonte. Fotos FN.

O perímetro da tragédia no Monte continua encerrado ao público. Contrariamente ao que por vezes é divulgado, a área onde morreram 13 pessoas, no Largo da Fonte, sempre esteve interdita ao público, conforme relatam ao FN os próprios habitantes e é possível verificar com base nas imagens. Também a Procuradoria da Comarca da Madeira confirma que vai manter a área encerrada até esta sexta feira.

Na tarde de ontem, alguns turistas manifestaram interesse em tirar algumas fotografias mas a polícia não autorizou, justamente porque a área estava vedada.

Pouco depois das 13 horas de hoje, 3 inspetores da Polícia Judiciária deixaram o Largo da Fonte, assim como dois agentes da PSP. Mas, a partir das 14 horas, elementos da PSP procedem à vigilância no local e alguns funcionários da Câmara Municipal do Funchal já terão obtido luz verde para iniciarem a limpeza dos galhos de árvore e demais lixo no local. Ao que tudo indica, as averiguações in loco por parte da Polícia Judiciária já terão terminado.

Perímetro da tragédia vedado ao público.