“Taxonomia, o Estado das Coisas” na Rua dos Aranhas ao longo do mês de Agosto

Rodrigo Camacho.

Durante o todo o mês de Agosto o no espaço Pipinoir acolhe uma residência artística  de Rodrigo Camacho e Sara Rodrigues.

“Taxonomia, o Estado das Coisas” é um projeto de instalação audiovisual a decorrer durante todo o mês de Agosto na Pipinoir (Rua dos Aranhas nº 17, Funchal).

Os autores, Rodrigo B. Camacho e Sara Rodrigues são artistas que navegam por entre os mundos da música e da arte sónica, visual e performativa.

São 2 peças: Taxonomia, do Rodrigo e O Estado das Coisas, da Sara.

Ambas constrõem-se com o envolvimento de vários músicos e performers locais, convidados a visitar o espaço e a influenciar o desenvolvimento do projeto.

Sara Rodrigues.

Partindo da premissa de que é raro o momento em que nos debruçamos em conjunto sobre um mesmo assunto, Taxonomia, o Estado das Coisas procura esse momento, numa experiência interativa que tenta responder ao seguinte:

Como é que a comunidade artística funchalense responde a uma mesma proposta? Qual é a forma global da sua expressão?

As portas estarão abertas a todos os que tenham interesse em assistir aos processos de criação, composição e montagem das peças.

No âmbito da residência serão também promovidos três workshops, momentos de debate e a projeção de Faça‐se Luz, de Nuno Filipe e Cristina Vieira.

Taxonomia, O Estado das Coisas é uma residência apoiada pela CMF e DRC.

Se quiser saber mais consulte http://www.taxonomiaoestadodascoisas.com