Estepilha: hoje todos dizem “Cumprimos”

Rui Marote
Nunca o verbo cumprir foi tão conjugado por todos os partidos políticos, no pretérito perfeito.
Estepilha, da direita para a esquerda, passando pelo centro, todos CUMPRIRAM! É esta a tónica da mensagem, já conjugando o verbo nos próximos meses no futuro CUMPRIREMOS.
Se assim é, o povo é soberano e a grande abstenção anunciada no Diário 1 é correctíssima …! Pois o povo interrogar-se-á: para quê votar se todos cumprem!!!
Hoje os apelos ao voto optam pelo mais despudorado triunfalismo.
Noutros tempos, eram mais plangentes. Quem não se recorda da célebre frase “Ajudei. Ajudem-me”? O Estepilha até se lembrou dela ao ver esta fotografia dos dois candidatos melhor posicionados para a corrida à Câmara do Funchal nas próximas autárquicas, ao passarem pelo “Centro de Ajuda”. Será que alguém ainda irá ali pedir apoio, divino ou material, para assegurar a vitória?
Tudo gente séria, tudo farinha do mesmo saco. Quem não é pecador que atire a primeira pedra… O Funchal Noticias registou esta foto no 1º de Maio, também Dia do Trabalhador, que hoje se torna oportuna publicar, sem ofensa para o culto religioso. É que o povo, esse, feito de quem trabalha, ou hoje desespera para trabalhar, perante tantos cumpridores, até é mais contido na hora de pedir ajuda. E já se sente mais ou menos confirmado, pois já sabe o calibre de tantas promessas e de tantos triunfalismos cumpridores, quando chegam ao último elo da “cadeia alimentar”.