Sidónio Silva, uma carreira musical com muitos êxitos

É um cantor madeirense com vasta experiência artística em resultado das muitas centenas de espetáculos realizados nos mais diversos países.
Referimo-nos a Sidónio Silva nascido no sítio do Loreto, na freguesia do Arco da Calheta, que no ano de 1975 deixou a sua terra de origem e partiu para a Venezuela em busca de melhores condições de vida.
Porque desde criança tinha um jeito especial para a música, Sidónio Silva começou a estudar música em Caracas, tendo em 1979  integrado  um grupo musical “A  Super Banda Scala de Maracay, cidade venezuelana onde residiu durante vários anos e onde teve uma academia de música.
Teve também presença em conjuntos musicais sempre com assinalável êxito. Decidiu então lançar-se numa carreira a solo e gravou o seu primeiro disco intitulado “Viva  a  Nossa  Tradicão”  com 10  temas  da  sua  autoria.
Sidónio Silva, que recentemente atuou na África do Sul integrado no Primeiro Festival da Caravela Portuguesa que decorreu em Montecasino , Joanesburgo. Também já cantou em vários  países  onde residem comunidades portuguesas, nomeadamente Canadá, Estados Unidos da América, Austrália, Aruba, Curaçau, para além da Venezuela.
Muitas das suas canções alcançaram sucesso e são ouvidas e interpretadas nas mais diversas localidades entre elas “O bailinho da Ribeira da Janela”, “Sócios da pipa”, “Marítimo olé-ole”, “Mulher  Madeirense”, “Eu vou à Madeira”.
Este ano o cantor, que agora está de novo na sua terra natal, gravou o disco “Viva a Madeira” que tem sido muito bem aceite pelo público.
A agenda de espetáculos de Sidónio Silva neste verão integra a freguesia de Santana no dia 29 de julho na festa que terá transmissão pela RTP Madeira. Depois vai estar na festa que decorrerá no dia 5 de agosto no Montado da Esperança, em São Roque, a 6 desse mês no arraial dos Lameiros (São Vicente) e a 19 na freguesia de São Jorge. Cantará também na festa de Nossa Senhora dos Remédios que se realizará no dia 8 de setembro na capela no sítio com aquele nome em Santa Cruz.
Assim há muitas oportunidades de presenciar o espetáculo alegre e diversificado de Sidónio Silva, um artista que continua a dignificar a Madeira.