CMF considera irresponsável atitude do CDS ao pedir reabertura do Caminho dos Tornos

A Câmara Municipal do Funchal veio hoje, através de comunicado, clarificar a questão relativa à reabertura do Caminho dos Tornos, na freguesia do Monte, fechado na sequência dos incêndios de Agosto de 2016.

“A CMF considera muito grave a irresponsabilidade subjacente às solicitações que vieram hoje a público, quer do candidato do CDS à Câmara Municipal do Funchal nas próximas Eleições Autárquicas, quer do actual Executivo da Junta de Freguesia do Monte, que exortam o Município a reabrir o dito caminho ao tráfego viário, levando os moradores a crer que isso não representa quaisquer riscos à sua segurança, quando é inteiramente público que o Laboratório Regional de Engenharia Civil deu um parecer negativo à reabertura deste arruamento no passado mês de Fevereiro”. Um parecer negativo que junta em anexo ao comunicado que enviou à comunicação social.

A edilidade considera ainda intelectualmente desonesto endereçar à edilidade recomendações de natureza técnica e financeira, “quando também é publicamente conhecido que a CMF já interveio nesta escarpa, com trabalhos de limpeza e pré-consolidação, e que se encontra a finalizar o projecto de consolidação daquele talude, que prevê um investimento de cerca de 2 milhões de euros a candidatar ao POSEUR, e que já foi, inclusive, objecto de deliberação em Reunião de Câmara, onde o PSD e CDS têm assento”.

“A Câmara Municipal do Funchal faz questão de deixar claro que o período eleitoral não justifica tudo e que há limites até para a demagogia, quando se põe em risco a vida das pessoas”, refere a edilidade.