PPM-M preocupado com árvores abandonadas uma vez cortadas após os incêndios

Foto PPM.

O Partido Popular Monárquico (PPM-Madeira) está preocupado com a falta de limpeza depois do corte das árvores em muitas zonas da Madeira.

Numa nota de imprensa assinada por Paulo Brito alerta-se “para os perigos relacionados com esta má conduta. Depois do corte reparamos que em muitas das zonas da região ficam inúmeros ramos que são um autêntico combustível para que no verão seja um risco para incêndios e no inverno um perigo para cheias”.

O partido pergunta quem fiscaliza as empresas do corte das árvores e porque não é tudo limpo convenientemente?

O PPM lembra que fundou, em 1974, o discurso ecológico em Portugal como tal não pode deixar de se preocupar com estas situações que são importantes para o futuro da região.

“O ambiente no nosso ponto de vista continua a ser desprezado”, remata.