Festival Aqui Acolá pretende ser ponte entre artes actuais e a tradição

Decorre entre os dias 25 e 28 de Maio, na Ponta do Sol, o Festival Aqui Acolá, que reúne, além dos esforços da edilidade, os de representantes das associações culturais do concelho, nomeadamente a Associação Retoiça, Grupo de Folclore, Casa do Povo, Banda Municipal, Associação Avesso e Escola Básica e Secundária. O objectivo do evento, já na sua terceira edição, é a promoção da arte, cultura e tradições. “Na sua génese evidencia-se a pretensão em congregar as mais variadas manifestações artísticas (quanto possível) num acontecimento que se quer digno, e acima de tudo que eleve honradamente os mais nobres pergaminhos artísticos, culturais e tradicionais através dum eclecticismo estilístico pragmá- tico assumido”, refere uma nota oficial.

O Festival pretende ser um tempo e um lugar no qual exista a oportunidade de reunir as manifestações artísticas ditas clássicas (Música; Dança; Pintura; Escultura; Teatro; Poesia; Cinema), as mais contemporâneas (Fotografia; Banda desenhada; Arte digital; Arte Gráfica) e a Etnografia num evento comum (…) Nesta perspectiva pretende-se levar a efeito uma série de acções performativas e expositivas através de concertos, exposições, workshops, palestras, recreações, etc., nas várias vertentes artísticas ao longo de um fim-de-semana (sexta-feira; sábado; domingo). “Contudo, é desejo comum dos impulsionadores deste projecto, que este seja a longo prazo alargado a nível temporal, seja ecléctico quanto possível e afirme-se como uma marca cultural regional, nacional e quiçá internacional alicerçado na qualidade artística que se pretende impor”, refere-se.

O programa pode ser consultado no documento anexo. Nomes famosos da música como Tim, dos Xutos & Pontapés, ou Mafalda Arnauth estarão presentes, a par dos nossos valores locais na música, na dança e nas artes. Neste último aspecto, realizam-se múltiplas exposições. Destaque para o interessantíssimo projecto “Parede de Memórias”, da artista plástica Patrícia Sumares. Também o conhecido escritor e jornalista Mário Zambujal participará neste Festival, que utiliza diversos espaços da Ponta do Sol.

A abertura deste multifacetado festival decorre no dia 25, pelas 17h30, na capela de Santo António, junto à Câmara Municipal, com a presença do edil, Rui Marques.