JPP foi denunciar “roubo histórico” no Parque Empresarial da Cancela

O JPP esteve hoje no Parque Empresarial da Cancela para denunciar a “vergonha que ali se passa” e para garantir aos santacruzenses que será denunciado “este roubo histórico, promovido por altas instâncias do governo regional e pelo conselho de administração, uma quadrilha nomeada pelo governo, para roubar o Povo de Santa Cruz”.

“Isto não tem perdão”, considerou o líder do partido e presidente da Câmara de Santa Cruz, Filipe Sousa, a respeito do caso dos terrenos do Parque Empresarial da Cancela, cuja venda “o governo regional tem negociado com empresas deste parque empresarial, na calada da noite”, quando a propriedade pertence, comprovadamente, ao município, alega.

“Nós não vamos baixar os braços. No início desta semana desencadeei contactos com órgãos de soberania da Região e do Estado, no sentido de denunciar esta pouca vergonha. Iremos apresentar dados comprovativos deste roubo, feito por pessoas que recebem avultadas somas mensais pagas pelo erário público, enquanto desrespeitam os representantes eleitos pelo Povo. Iremos até às últimas consequências para que o Povo de Santa Cruz seja ressarcido de toda a garantia financeira, por via da alienação deste espaço”, assegurou Filipe Sousa.