Investimento privado para esta zona do Garajau/Cristo Rei ficou em banho-maria

Fotos Funchal Notícias.

É uma dor de alma olhar para este complexo de piscinas e campo de ténis que, outrora, foi palco de lazer.

Muitos foram os que, mesmo de fora do Caniço, escolhiam este complexo ‘balnear’ para ir a banhos.

Hoje está abandonado, à espera de melhores dias.

Para este local, há 10 anos, esteve projetada uma intervenção urbanística privada que previa uma requalificação da zona.

Os terrenos são privados. Pertencem à empresa ‘Inter-Marina Anlagen’ que, inclusivamente, já construiu vivendas nas redondezas.

Em Fevereiro de 2010, a empresa obteve da Câmara de Santa Cruz autorização para construir em 16 lotes, incluindo um hotel junto ao Cristo Rei.

A Inter-marina pretendia mais mas a pretensão não foi acolhida.

Pelo menos desde  2005 que se fala de projectos para a zona. Nesse ano a Câmara de Santa Cruz aprovou a operação de loteamento com a condição de, antes da apresentação do alvará, ser apresentado um estudo geológico.

Condicionantes do PDM, pareceres, restrições por causa da reserva natural parcial do Garajau, Parque Natural, Domínio Público Marítimo, cedência de áreas ao domínio público municipal, fizeram o promotor arrefecer os ânimos.

Até porque a lista de cedências era extensa e previa, inclusive, ceder 120 mil m2 de terreno, construir mais estacionamentos, criação de espaços ajardinados, construção de parque infantil  e, até, a recuperação da Capela da Mãe de Deus pelo mecenas/promotor.

Tantas exigências que continua tudo igual… até hoje.