Criminalidade participada baixou 6,1% na Madeira em 2016

Em 2016 registaram-se na Madeira 6062 participações de crime, menos 6,1% do que as 6456 registadas em 2015.

Os dados são do Relatório de Segurança Interna (RASI 2016) ontem entregue pelo Ministério da Administração Interna na Assembleia da República.

Foram menos 394 participações de crimes às forças de segurança.

A Madeira representa 1,8% da criminalidade participada em todo o país.

No que se refere à chamada criminalidade violência e grave, a Região também teve um bom desempenho em 2016: Os 205 casos desta natureza representam uma diminuição de 13,1% face aos 236 casos registados em 2015 e o peso relativo da Região no todo nacional, nesta matéria, é de 1,2%.

No que se refere ao tipo de criminalidade, ainda há a registar uma forte incidência, na Região, da violência doméstica.

Os dados revelam que, em 2016, foram participados 1034 casos de violência doméstica na Madeira, menos 15 casos do que os 1049 registados em 2015.

Ainda assim, apesar da baixa de -1,43%, a incidência deste tipo de crime de violência doméstica é o segundo maior do país por 1000 habitantes (4), só ultrapassado pelos Açores (4,1).