Avro RJ85 LaMia – o acidente previsível

cp-2933
Figura 1: Imagem do avião CP-2933

|AF|

Características do avião CP-2933
Ano de fabrico: 1993-2003
Comprimento: 28.55m
Altura: 8.61m
Envergadura: 26.64m
Velocidade de cruzeiro: 750 Km/h
Velocidade máxima: 885 Km/h
Alcance Máximo: 2 730 Km
Motores: 4 turbofan Honeywell LF507-1F
Número de assentos: 82-100 assentos

Viagem da Bolívia, Santa Cruz, para a Colômbia, Medellin, num total de 2 975 Km de ortodromia. Se o avião tem um alcance máximo de 2730 Km, como poderia fazer uma viagem com uma distância de 2975 Km? Através da figura 2 e da figura 3 é possível verificar que não houve paragem para reabastecimento.

lamia-santa-cruz-medellin-1
Figura 2: Nesta imagem podemos verificar que a distância entre os dois aeroportos é aproximadamente de 2 975Km
lamia-santa-cruz-medellin-2
Figura 3: Podemos verificar na imagem que o avião perde velocidade e altitude rapidamente.

Quando o Voo RJ85 LaMia se aproximava do aeroporto de Medellin teve de aguardar porque uma avião estava a fazer uma aproximação de emergência. Situação não prevista por quem autorizou o este voo. Normalmente quem autoriza este tipo de voos pensa que quando chegar ao destino passa à frente de todos devido à falta de combustível…

Tendo em conta as características técnicas do avião e a distância da viagem este voo nunca se deveria ter realizado sem uma escala intermédia para reabastecimento.
Só com muita sorte não haveria o acidente.

O reabastecimento normalmente não é feito, quando não é feito, para diminuir as despesas! (há que aguardar a peritagem para confirmar…)

Internacionalmente é obrigatório o avião ter combustível extra quando chega ao destino. Quando um piloto comunica à torre de controlo que está com falta de combustível e tendo em conta a obrigatoriedade referida anteriormente, a falta de combustível não é considerada uma situação de emergência. Infelizmente não é a primeira vez que há acidentes devido à falta de combustível extra que os aviões são obrigados a ter quando chegam ao destino!

Figura 4: Podemos verificar na imagem que o avião dá duas voltas antes de cair. Na prática chegaria possivelmente ao aeroporto. Tendo em conta as características técnicas do avião e distância da viagem este voo nunca se deveria ter realizado.
Figura 4: Podemos verificar na imagem que o avião dá duas voltas antes de cair. Na prática chegaria, possivelmente, ao aeroporto.

Link do vídeo de aproximação no facebook:  https://www.facebook.com/funchalnoticias/videos/1800161653604984/

Nos vídeos seguintes podemos ouvir os momentos finais onde o piloto comunica à torre de controlo que está com problemas de falta de combustível.