Notas da Índia: do funeral ao casamento

india

Rui Marote (texto e fotos)

Estepilha! Na nossa viagem pela Índia já deparámos com todos os apontamentos visuais da vivência local. Até já retratámos um funeral hindu com todos os ritos. Hoje estamos num casamento! Costuma-se dizer que para festas e casamentos só lá vão os que estão convidados. Confesso que torneei um pouco as regras, a bem da curiosidade jornalística.

Esta manhã introduzi-me no salão da Catedral de Santa Cruz, em Cochim, onde decorria a festa de um casamento. Não resisti a registar algumas fotos dos noivos e convidados quando decorria uma sessão fotográfica ao som de uma orquestra que animava a boda.
O salão estava transformado num autêntico estúdio fotográfico e de vídeo, com seis operadores fotográficos e um mestre de cerimónias. Lá estão as riquezas entre ricos e pobres na Índia: quem pode, pode muito. Quem nada pode, vive na rua e as suas possibilidades são nulas..

india

Embora não estivesse com traje de cerimónia ali permaneci, de shorts e de botas de montanha sem que alguém nos impedisse de ali estar.
Estepilha ….até bebi e comi, enquanto tudo observava com o meu olhar curioso.