Bom tempo ajuda peregrinos para a Festa do Senhor dos Milagres

Um grupo de madeirenses fez-se hoje à estrada numa peregrinação entre Funchal e Machico, para participar na Procissão do Senhor dos Milagres.

Paula Garrido, a impulsionadora da iniciativa de fé, explicou ao Funchal Notícias que foram 113 os peregrinos que se juntaram à caminhada que, por esta hora, está a chegar a Machico.

milagres1
Fotos DR

No ano passado, Paula Garrido fez o mesmo percurso com outra amiga mas, este ano, repetiu a experiência, em grupo.

 

A Procissão do Senhor dos Milagres é esta noite, pelas 20 horas.

O regresso ao Funchal será de autocarro ou viaturas particulares.

milagres2A ideia foi reeditar uma tradição antigo, quando ainda não existiam os atuais meios de transporte e vias rodoviárias.

Os peregrinos saíram dos Funchal às 10h00, dos jardins do Campo da Barca –ponto de concentração– e percorreram a antiga Estrada Regional, subindo São Gonçalo, Cancela, Assomada, Água de Pena, até à capelo do Sr. dos Milagres, na Banda D’Além, em Machico.

Todos os peregrinos envergaram t-shirts identificativas do grupo, feitas exclusivamente para esta peregrinação.

Uma ambulância da Cruz Vermelha prestou a apoio aos peregrinos.

milagres3Recorde-se que a Festa do Senhor dos Milagres evoca a aluvião ocorrida no dia 9 de Outubro de 1803, que destruiu a Capela onde se encontrava a imagem dos Senhor dos Milagres, arrastada para o mar.

Segundo os dados históricos, três dias depois, eis que a imagem apareceu e foi posteriormente entregue na Sé do Funchal.

Em 1813, a imagem regressou à Capela do Senhor dos Milagres, em Machico.