Perigo espreita na turística promenade da Praia Formosa

perigo-1
Fotos in Facebook José Manuel Rodrigues.

A promenade da Praia Formosa apresenta evidentes sinais de degradação que estão à vista de todos e que coloca em perigo a segurança de madeirenses e turistas. O alerta parte de José Manuel Rodrigues, que alertou hoje para esta problemática em sede de reunião da Câmara Municipal do Funchal.

Tendo por base as imagens que captou na Praia Formosa, o vereador municipal fala mesmo em “perigo” e critica a inércia da Câmara Municipal do Funchal que deveria garantir a segurança de madeirenses e turistas numa zona nobre da cidade.

Segundo José Manuel Rodrigues, “uma cidade que pretende – e bem – ser a melhor do país para viver e uma das melhores da Europa para visitar não pode sujeitar os seus residentes e visitantes a riscos como os que apresentam as imagens da promenade da Praia Formosa”.

perigo3Segundo o também deputado do CDS-PP na Assembleia Legislativa, “lançam-se Planos Estratégicos e Postos de Turismo, mas depois esquecem-se do essencial, que é cuidar das pequenas estruturas por onde andam turistas e habitantes. Já não é a primeira vez que faço este alerta, e volto ao assunto por que nada foi feito, pelo contrário, a degradação aumentou, o perigo é maior. Espero que a Frente-Mar actue rapidamente e encontre uma solução para que não existam outros danos para além daqueles que estão à vista e que são uma péssima imagem do passeio público marítimo do Funchal”.

perigo4Na reunião municipal, José Manuel Rodrigues solicitou ainda esclarecimentos à autarquia, nomeadamente “sobre onde e quando serão aplicados os 3 milhões de euros que o Instituto de Turismo de Portugal disponibilizou à Câmara, depois dos fogos na cidade”.  Uma pergunta que aguarda resposta, “na certeza porém que há muito para fazer para recuperar e melhorar alguns locais turísticos do Funchal”.

José Manuel Rodrigues advertiu ainda para “a necessidade de a Câmara e a PSP atuarem para reduzir os níveis de ruído na cidade, em particular, os provocados pelos escapes abertos dos veículos que infringem a lei. A poluição sonora à noite começa a ser um problema para a qualidade de vida de residentes e turistas”.