Carlos Pereira volta a garantir que nas autarquias do PS não há “IMI do sol e das vistas”

carlos pereira

O presidente do PS-Madeira, Carlos Pereira esteve hoje num colóquio no Porto Santo, sobre a temática do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) com particular incidência sobre os novos coeficientes para prédios urbanos destinado a habitação, referentes aos polémicos elementos de qualidade e conforto.

Carlos Pereira referiu que toda esta questão do IMI veio criar grande desconforto nas famílias madeirenses e porto-santenses, porque elas “foram vítimas de muitos sacrifícios que foram suportados quase à custa de suor e lágrimas, numa irresponsabilidade grande do PSD Madeira na gestão das finanças públicas”. Agora, criticou, são essas mesmas pessoas que são confrontadas com mais uma má notícia, de que os seus rendimentos irão ficar ainda piores do que já estão, devido a um suposto aumento de IMI.

O PS-Madeira, reafirmou o seu líder, está preocupado com a situação e “nenhuma câmara municipal” onde o executivo seja do PS-M “vai utilizar uma possível reavaliação de IMI, com este coeficiente que ao que parece penaliza o sol e as vistas, para ser mais sintético e até um bocadinho grosseiro”.

Por isso, deixou uma mensagem de conforto aos munícipes que vivem em autarquias dirigidas pelos socialistas: “Estejam descansados (…)”.

Também os vereadores do PS que são oposição noutras câmaras vão, assegurou, apresentar uma proposta no sentido de sensibilizar os executivos das autarquias a fazer o mesmo.