Jardim da Sá Carneiro sob alçada de Miguel Albuquerque

 

asneiradas-008.jpg.jpeg

Rui Marote (texto e fotos)

Como as coisas mudam…! Vamos recordar a história dos jardins da Avenida Sá Carneiro. O calçadão, obra da Sociedade Metropolitana, já lá vão alguns anos, e a Rotunda do Porto, após a inauguração, ficaram com a manutenção dos jardins sob a alçada da Câmara Municipal do Funchal, então de Miguel Albuquerque. Isto até ao dia em que Alberto João Jardim, em reunião de Governo, regionalizou a estrada da Avenida do Mar e Sá Carneiro. A CMF, de Albuquerque e da área PSD, naturalmente não ficou satisfeita e resolveu abandonar a manutenção dos jardins.

Conclusão: as árvores secaram e as ervas daninhas proliferaram.

Com a conclusão das obras portuárias, e a extensão do calçadão, aquela área está agora sob a tutela dos Portos.

asneiradas-006.jpg.jpeg

 

Os jardins voltaram a florir. O Funchal Notícias sabe que quem orienta os jardineiros naquela faixa é o  próprio presidente do Governo Regional, que até fez um ‘croqui’ de elucidação aos jardineiros, no qual as flores de cor vermelha alternam com as de cor branca, dando outro aspecto.

Na Quinta Vigia, os jardins estão hoje sob a batuta do presidente, que os vem orientando no sentido de se tornarem mais atractivos.

Regressámos à primeira dinastia, ao tempo da Rainha D. Leonor! Recordemos: “Mulher, que levas no regaço? São rosas, senhor!” O presidente, que não tem tempo para tratar do seu roseiral em São Jorge, hoje fica-se pelo Funchal, quando anos atrás por politiquices deixou murchar o que hoje passa a embelezar.

Outros tempos… Estepilha!