Voo da Air Asia: pequena falha no equipamento causou desastre

Îmagem de um avião igual ao que se despenhou
Imagem de um avião igual ao que se despenhou no mar de Java

A queda do avião da Air Asia em Dezembro passado, que matou todas as 162 pessoas a bordo, ter-se-á devido a falhas de equipamento, apesar de também terem ocorrido falhas humanas, disseram as autoridades indonésias.

Equipamentos de controle do leme terão falhado por quatro vezes durante o voo, uma falha que já ocorrera 23 vezes no ano anterior, segundo informação veiculada. A resposta deficiente da tripulação a estes problemas terá contribuído para o desastre, disseram as autoridades.

O Airbus A320-200  voava de Surabaya para Singapura, quando caiu no mar de Java a 28 de Dezembro de 2014. Inicialmente, os investigadores acharam que o mau tempo teria desempenhado um papel fundamental no acidente, mas agora negam que tenha sido uma causa do desastre.

Depois de uma longa investigação, apurou-se que a soldadura numa pequena parte do sistema que controlava o leme tinha-se quebrado, fazendo com que o sistema enviasse quatro sinais de aviso aos pilotos; estes terão tentado resolver o problema fazendo reiniciar o sistema computorizado, mas isto fez com que o piloto automático se desligasse, e foi depois disso que perderam o controlo do avião, que perdeu sustentação e se despenhou.