Adeus AMIGO Neco

neco|*Com AF|
Parece que foi ontem que te resgatei, a ti e aos teus irmãos, na corrente de água da levada…
O teu pai e o conhecido Alfredo do Caniço e a Branquinha, tinham tido uma ninhada. Ninguém sabia onde vocês estavam mas, um dia, apareceste a chorar dentro da levada de rega ao pé da minha casa…
Vieste dentro da água da levada e eu resgatei-te, a ti e aos teus irmãos, lembras-te amigo?
Depois, três dos teus irmãos foram adoptados e tu e os teus dois irmãos, Junior que também já morreu e o Valente que mesmo velho e cego ainda está vivo, ficaram connosco.
Amigo… foram perto de 15 anos… 15 anos de vivência… de vida…
Obrigada pela tua presença na minha vida, nas nossas vidas…
Desculpa se fiz algo que não gostastes, desculpa-me pelos momentos que te castiguei mas que tu maroto, sabes que mereceste…
Obrigada pelo teu AMOR E PELA TUA DEDICAÇÃO! Um amor único e inesquecível…
Estavas a sofrer e sabias que em breve teria que tomar a decisão por ti… Por isso, partiste antes de eu chegar à clinica, para que essa decisão não ficasse no meu coração…
A dor é grande Neco, as lágrimas não parem de cair..vou sentir muito a tua falta…
Descansa agora junto com os teus irmãos e por cá, prometo que continuarei a cuidar do teu último mano o Valente que já está ceguinho e que continuarei a luta por todos os teus amigos.
Vou me lembrar de ti, assim mais jovem como esta foto e muito feliz… Vou tentar esquecer os teus últimos momentos de dor…
Até um dia amigo… Obrigada por tudo…

Natália Vieira