BE pela costa norte diz que PSD, PS e CDS são cúmplices na política de empobrecimento

BE Paulino
Caravana do Bloco rumou hoje à costa norte da Madeira. Foto DR

O Bloco de Esquerda andou hoje por três concelhos da costa norte da Madeira.

Num primeiro balanço do dia o cabeça de lista pela Madeira, Paulino Ascenção, disse que a ideia foi chamar a atenção para a importância de ter alguém do Povo a representar a Madeira na Assembleia da República.

Paulino Ascenção disse que a campanha da coligação PSD/CDS é “hipócrita e insulta os madeirenses” em matérias de emprego, emigração, sustentabilidade da segurança social.

Para o BE foi o PSD que “enterrou” a Autonomia pelo que é uma grande hipocrisia o slogan ‘Autonomia Sempre’.

Segundo Paulino Ascenção, Miguel Albuquerque foi “cúmplice” deste “pacto de agressão” de Lisboa contra a Madeira. Não apenas em matéria do PAEF mas também da dívida oculta, aumento dos impostos (IRS, IVA, etc), corte do subsídio de insularidade, dívida da Região, dívida da Câmara do Funchal, apesar dos três planos de pagamentos nos últimos anos.

Para Paulino Ascenção, os candidatos do PSD são “cínicos” quanto à vinda da troika para Portugal.

Amanhã, dia 27, o Bloco de Esquerda contacta com eleitores do concelho do Funchal e em vários concelhos da Madeira.

As conclusões desta jornada de campanha serão apresentadas à comunicação social junto ao centro cívico de São Martinho pelas 12,30h.