CDS quer mais juízes e funcionários judiciais

cds

O cabeça de lista do CDS-PP Madeira à Assembleia da República, José Manuel Rodrigues, iniciou hoje uma série de reuniões com responsáveis do Estado português na Região, no sentido de apurar que tipo de melhorias será possível aplicar, nos diversos sectores, aos serviços de usufruem os cidadãos portugueses residentes na RAM.

Hoje José Manuel Rodrigues iniciou este périplo pelo sector da Justiça, avistando-se com o juiz Paulo Barreto.

Conforme lembrou o líder centrista, houve uma reforma judiciária que conduziu à criação da Comarca da Madeira, que representou “uma melhoria dos serviços judiciários”. Porém, “há ainda muito a fazer, porque há atrasos inadmissíveis em acções quer de comércio, quer de execuções, quer de assuntos relacionados com a justiça laboral, ou de assuntos relacionados com o tribunal de família ou menores”. São áreas, entende, onde são necessários mais juízes.

Para Rodrigues, é ainda necessário um reforço a nível dos Oficiais de Justiça, para que a Justiça e os serviços prestados pela mesma aos cidadãos insulares melhorem. “É necessário cobrir as 30 vagas que existem para oficiais de Justiça na Região Autónoma da Madeira”.

A morosidade da justiça e o facto de a mesma ser cara foram aspectos focados por José Manuel Rodrigues, que constata que existem ainda muitos constrangimentos que têm que ser resolvidos, para que haja maior celeridade no despacho de processos.