Avião militar sírio cai em mercado em Ariha

aviao siria

Um avião militar do governo sírio caiu hoje num mercado em Ariha, uma cidade do noroeste do país, matando pelo menos 27 pessoas, segundo informações feitas chegar às agências de notícias por grupos de activistas.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, sediado na Grã-Bretanha, disse que a queda do avião ocorreu durante um raid de bombardeamento.

Ariha era um dos últimos baluartes em Idlib, quando foi capturada pelos rebeldes islâmicos em Maio último. Com a sua queda, a maior parte da província de Idlib, que faz fronteira com a Turquia, ficou em mãos dos rebeldes.

Simultaneamente, um grupo jornalístico intitulado Airwars, que arquiva a campanha aérea da coligação liderada pelos EUA contra o Estado Islâmico, disse que informações credíveis mostram que pelo menos 489 civis morreram em ataques aéreos desde Agosto do ano passado.

Além dos mortos, informa a BBC, pelo menos 60 pessoas ficaram feridas no incidente de Ariha. Não se percebe bem, ainda, se o avião foi abatido ou se caiu por outra razão.

O grupo anti-governamental Ariha Today divulgou fotos dos estragos, incluindo de partes do avião.

Equipas de socorro estão a revolver os escombros em busca de sobreviventes, retirando também os cadáveres das vítimas.

O avião deitou uma bomba sobre a zona principal dos bazares, que se encontrava cheia de gente, antes de cair, disseram residentes próximos à Reuters.