Divulgado o programa do Festival Mini Travessuras Culturais na Ponta do Sol

A Associação Travessias Culturais divulgou o programa do Festival Mini Travessuras Culturais que decorrerá de 03 a 06 de Novembro, na Vila da Ponta do Sol.

Trata-se de um evento pluridisciplinar e interactivo, constituído por uma exposição, teatro-fórum, música, cinema, despique/repente, gastronomia, e poesia, em torno do tema “Diálogos”.

A programação do Festival Mini Travessuras é a seguinte:

3 de Novembro, Quinta Feira às 19h00

Exposição: “Diálogos”

Comentada pela Dominique Dreyfus, comissária da exposição

“A actualidade mundial sugere uma certa dificuldade entre os povos em comunicar, em se entender, e no entanto, o ser humano tem uma capacidade ilimitada em criar modos de comunicar. Sem ser exaustiva, – longe disso ! – a exposição tem por vocação mostrar o quanto a imaginação humana cria, inventa e encontra soluções para dialogar”. Isto “através uma série de painéis ilustrados com QRcodes de vídeos e sons na Praça do Pelourinho, Ponta do Sol”, divulga a organização.

04 de Novembro, Sexta Feira :

18h30 Teatro Fórum – “Não é uma disciplina, é uma opção!” Homofobia e Bullying– Centro Cultural John dos Passos, Ponta do Sol

21h00 “Encontros com o Cinema” – Filme Libertad, de CLARA ROQUET, com Maria Morera Colomer, Nicolle García, Nora Navas

Premiado no Festival de Cannes 2021 – Semana da Crítica e Prémios Goya 2022 – Melhor Jovem Realizadora | Melhor Actriz Secundária (Nora Navas)

Depois da projecção, haverá uma conversa entre um convidado especial e o público.

Centro Cultural John dos Passos, Ponta do Sol

05 de Novembro, Sábado:

11h00 Workshop GumBoots

21h00 Concerto “AMAYA” – com Sam Tshabalala e Patrick Bebey

Patrick Bebey é um compositor franco-camaronês, multi-instrumentista.

Sam Tshabalala é um compositor e guitarrista sul-africano. O evento decorrerá no Centro Cultural John dos Passos.

06 de Novembro Domingo :

11h00 Despique/Repente no Largo do Pelourinho com Grupo de Folclore da Ponta do Sol

18H Mundos diferentes: criação de Toninho do Carmo, Thomas Bakk e Mestre Beija Flor, espectáculo poético musical a partir de textos da autoria de Margarida Ribeiro, que da sua janela, da sua varanda, propõe múltiplos olhares sobre mundos diferentes.