Confiança denuncia congestionamento de trânsito perto do Bom Jesus

A equipa da “Confiança” mostrou-se preocupada na reunião da CMF de hoje, referindo-se a congestionamentos ao trânsito que já se fazem sentir nas imediações do Centro de Saúde do Bom Jesus, na sequência da decisão de, a partir da passada segunda-feira, abrir um serviço de urgência complementar naquele local.

A vereação lamenta a “falta de coordenação” entre a Secretaria Regional da Saúde e Protecção Civil e a Câmara Municipal, considerando que este Centro de Saúde está implantando numa artéria com forte afluência de viaturas automóveis e está localizado junto a um grande estabelecimento de ensino, pelo que era de prever que o aumento da afluência de utentes condicionaria a fluidez de trânsito nas artérias circundantes.

“Estamos conscientes da importância de criar soluções válidas para resolver os problemas crónicos da saúde na Madeira, mas lamentamos que a CMF não tenha sido ouvida nesta atabalhoada decisão do Governo Regional, não dando ao executivo municipal a possibilidade de preparar um plano de contingência para esta importante zona da cidade”, referiu a vereadora Cláudia Dias Ferreira, porta-voz da Confiança.

“De que serve anunciar a abertura de novas “urgências” se os casos urgentes não conseguem chegar em tempo útil? A avaliar por esta gritante falta de coordenação entre Governo e Câmara, os funchalenses já estão a ser vítimas da ambição política desmedida de alguns governantes-propaganda.”, concluiu a autarca.

No período antes da ordem do dia, a Confiança continuou a fazer eco das solicitações dos munícipes que afluem ao ‘Espaço Confiança’, questionando o executivo sobre a reabertura de valas na Levada dos Moinhos depois da recente conclusão das obras nas redes de águas, sobre os condicionamentos provocados pela ocupação do espaço público e supressão da paragem de autocarros junto às ruínas do Forte de São Filipe e sobre os planos existentes para vedar o acesso público ao Jardim Municipal, refere uma nota da coligação.

Ainda neste âmbito, o executivo foi questionado sobre o incumprimento da sua promessa de que a Praia do Gorgulho estaria preparada para receber os banhistas neste mês, quando na realidade o Verão já começou e solário mantém-se completamente destruído, sem sinais de obras à vista.

Nas propostas apresentadas à votação, foram aprovados por com o voto favorável da Confiança a atribuição de Medalhas de Mérito Municipal à artista Maria de Lourdes Bettencourt de Castro, a Juvenal de Ventura Garcês e ao Eng. Gonçalo Nuno Malheiro de Araújo.

Destaque para a aprovação da atribuição de Medalhas de Mérito Municipal aos dois Corpos de Bombeiros do Concelho (Bombeiros Sapadores do Funchal e Bombeiros Voluntários Madeirenses) e à Delegação da Madeira da Cruz Vermelha Portuguesa, pelas suas inestimáveis contribuições à população durante a pandemia de COVID-19, enaltece a “Confiança”.