Pedro Calado empenhado na limpeza das sarjetas do Funchal

Fotos: André Ferreira/CMF

Para evitar inundações durante o Inverno, a Câmara Municipal do Funchal anuncia que tem curso um “Plano de Limpeza de Sarjetas”.  As ditas intervenções decorrem também durante a época do Verão para evitar os maus odores e a proliferação de pragas urbanas.

Esta manhã, pelas 8h30, o presidente da Câmara Municipal do Funchal, Pedro Calado, acompanhado da vereadora do ambiente, Nádia Coelho e de outros elementos da equipa, seguiram de perto as operações de limpeza, na Zona Velha da Cidade.

O Município do Funchal tem cerca de 7.400 sarjetas e 20% destas estão na zona baixa da cidade. O plano inclui a limpeza das sarjetas da zona centro do Funchal, todas as semanas no turno da noite e no mínimo uma vez por mês no turno diurno, mais precisamente na primeira quarta-feira de cada mês.

Além destas acções de prevenção, há ainda a preocupação constante para manter limpas as sarjetas sempre que há alertas da protecção civil, refere-se.

Em algumas sarjetas já identificadas, após a sua limpeza, há a colocação de sal-gema, a fim de controlar o mosquito transmissor da dengue.

O Departamento de Ambiente também prepara uma campanha de sensibilização intitulada ‘Sarjetas sem lixo’ visando sensibilizar a população em geral para não colocar resíduos nas sarjetas. É importante relembrar que “as sarjetas servem para escoar água e não lixo”, pois não são contentores de resíduos e também importa fazer todos reflectir que o mar começa na sarjeta e que os resíduos que estiverem no seu interior por muito pequenos que sejam, serão encaminhados para o mar.

“Manter a Cidade limpa é um dever de todos” e por isso mesmo, a autarquia apela a população para não colocar resíduos nas sarjetas.

A par desta campanha de sensibilização do Município do Funchal, foram colocadas na Avenida do Mar 30 grelhas que ficarão no interior das sarjetas, com o objectivo de filtrar alguns resíduos e evitar que estes entupam a sarjeta ou que cheguem ao mar ou à ETAR do Funchal.

Muitos dos resíduos que são encontrados com frequência no interior das sarjetas, como beatas ou até folhas, poderão agora ser facilmente retirados com este sistema de filtragem. Atendendo à especificidade de cada uma das sarjetas (com tamanhos e medidas diferentes), estas grelhas são feitas à medida.