Filipe Sousa quer louvar Arlindo Gouveia e continua a acusar o PSD de manipulações

A Câmara Municipal de Santa Cruz continua a queixar-se publicamente da oposição, nomeadamente do PSD, sobre o qual já lançou a suspeição de ter algo a ver com as descargas recorrentes na Praia dos Reis Magos. Desta feita, o edil santacruzense, Filipe Sousa, veio denunciar ameaças de social-democratas a trabalhadores camarários.

Na última reunião da Assembleia Municipal do actual mandato em Santa Cruz, as acusações foram produzidas. No encontro, os deputados do PSD voltaram a abster-se na aprovação de medidas sociais, nomeadamente no programa de Formação Prática para a Inserção e Reinserção de Desempregados, numa posição que Filipe Sousa considerou inqualificável.

O PSD, contudo, reza uma nota do executivo, manteve-se em silêncio durante toda a reunião, apesar de ter sido alvo de duras críticas, primeiro pelo ex-militante e agora vereador independente, Arlindo Gouveia, e depois pelo presidente da Câmara.

O autarca afirmou que existem trabalhadores municipais que estão a ser coagidos por telefone por parte de elementos do PSD para que revejam as suas prioridades e criem obstáculos ao trabalho camarário em curso.

“Isto do ponto de vista da ética política é gravíssimo”, disse Filipe Sousa, salientando que este comportamento fundamenta a queixa-crime contra desconhecidos que a Câmara pretende fazer, e que visará não apenas esta situação, mas outras “ocorrências estranhas”.

O edil referiu não apenas a poluição das praias, mas também “alguns boicotes nas redes de água, e telefonemas diários para a Direcção Regional do Ambiente por parte de candidatos do PSD a pedir fiscalização a obras que já tinham sido fiscalizadas no dia anterior, com o intuito de atrasar os trabalhos”.  Todas estas situações  têm sido estranhamente recorrentes e “não são inocentes”, acusa o executivo do JPP.

Segundo Filipe Sousa, tudo isto faz parte da estratégia do PSD, que quer voltar ao poder para “meter os pés debaixo da mesa, com a comida já mastigada”, acusa.

Acusou ainda empresários pagavam viagens e jantares para verem os seus projectos aprovados, no tempo dos social-democratas na Câmara. “E agora ainda têm a distinta lata de dizer que somos contra os empresários. Mas só somos contra aqueles que vêm de má fé a querer regressar às benesses e favores do passado, em prejuízo da população.”

As críticas foram repetidas por Arlindo Gouveia, antigo social-democrata e agora vereador independente, apoiante ferrenho do JPP.

Arlindo Gouveia disse que ao longo destes anos todas as ofensas que teve foi por parte de pessoas do PSD, mas que sempre foi respeitado pela oposição.

Depois desta intervenção, o presidente Filipe Sousa anunciou que vai levar à próxima reunião de Câmara uma proposta de atribuição de voto de louvor e entrega de medalha de mérito a Arlindo Gouveia.