Miguel Gouveia recebeu presidente da Associação Casa de Angola na Madeira

O presidente da CMF, Miguel Gouveia, recebeu, esta semana, nos Paços do Concelho, em audiência de cumprimentos, a presidente da Associação Casa de Angola na Madeira (CAM), Mária Fátima Chulata.

Miguel Gouveia disse, na ocasião, que “esta foi uma oportunidade para abordar aspectos relacionados com presença de uma considerável comunidade angolana no Funchal, e conversar, igualmente, sobre questões tendentes à sua adaptação à cidade.”

“No momento difícil que o mundo atravessa, debatemos sobre a forma como a crise pandémica veio agudizar problemas sociais, colocando em foco as dificuldades que as comunidades africanas têm enfrentado na nossa Região durante esta fase”, acrescentou.

Dentro dos temas, salientou-se também a vontade de proceder a um protocolo de colaboração entre o Município do Funchal e a Casa de Angola na Madeira para promover as actividades culturais realizadas na cidade, na lógica do trabalho em rede que a autarquia “já desenvolve há vários anos a esta parte com diversas associações, e que fazem do Funchal uma cidade inclusiva que procura abraçar outras tradições e a diversidade cultural.”

No final, Miguel Silva Gouveia e Fátima Chulata não se despediram sem proceder à habitual troca de lembranças.