PTP acusa GR de negociar com a banca num apoio às empresas supostamente a fundo perdido

Um comunicado do PTP considera que o Governo Regional deve esclarecer o negócio entre o Governo e a Banca num apoio às empresas supostamente a fundo perdido.

“A Secretaria Regional da Economia, Turismo e Cultura, através do IDE, IP RAM, em conjunto com o sistema bancário e as sociedades de garantia mútua, disponibilizou às empresas da Região a Linha Invest Ram 2020 COVID19, medida de apoio com conversão a Fundo Perdido, para a preservação e competitividade da economia regional  no actual contexto de pandemia”, recordam os trabalhistas.

“No entanto, algumas instituições bancárias para além de exigir reconhecimento de assinatura e cobrarem por isso nos seus serviços somando a encargos mensais, cobraram este mês 208 euros de despesas de seguro a todas as empresas que recorreram ao apoio. Isto não é um apoio às empresas, mas sim um negócio entre o Governo e a Banca”, acusa o PTP.

“Exigimos que a Secretaria Regional da Economia, Turismo e Cultura esclareça a situação que afecta as empresas apoiadas e que coloque um ponto final no negócio que a Banca está a fazer com os apoios no âmbito da pandemia COVID19”, conclui a nota enviada às Redacções.