CDU diz que PS e PSD não dão resposta à situação económica

A CDU realizou hoje uma acção política na qual se afirmou que “nem o Governo do PS na República, nem o Governo do PSD/CDS nesta Região, estão a dar resposta ao que a crítica situação económica exige. Quando se agrava a situação económica e social, quando há uma quebra acentuada dos rendimentos dos trabalhadores, cresce o desemprego, aumentam as desigualdades sociais, multiplicam-se os processos de empobrecimento das populações, os governantes não tomam medidas para a elevação e transformação das condições de vida”.

O coordenador regional da CDU, Edgar Silva, declarou que “estão em falta respostas de apoio aos trabalhadores, aos pequenos e médios empresários, à cultura e à protecção social”.

É neste contexto político que “a CDU corporiza um projecto, um conjunto de opções, orientações e prioridades” que, afirma-se, fazem dela “uma força distintiva, que não deixa confinar os direitos, que demonstra que a vida pode e deve prosseguir na luta por uma vida melhor”.

Como declarou Edgar Silva, “na luta por uma vida melhor, face aos problemas do presente, sublinhamos que dar mais força à CDU é condição determinante para responder com soluções para o desenvolvimento local e regional, porque como é cada vez mais evidente, nem o PS, nem o PSD/CDS, estão a cumprir com importantes medidas para a transformação das condições de vida das populações”.