A caminho das Autárquicas de 2021 (Santo António da Serra-Santa Cruz)

Santo António da Serra é uma freguesia do concelho de Santa Cruz, com 14,77 km² de área e 936 habitantes segundo o Censos 2011.

A principal actividade económica é a agricultura.

A freguesia de Santo António da Serra começou a ser povoada tardiamente, devido ao facto de o povoamento da ilha da Madeira ter começado primeiramente, no litoral, e mais tarde nas zonas altas.

A Igreja Matriz de Santo António da Serra foi construída onde existia anteriormente uma ermida do século XVI. Posteriormente, foi transformada numa igreja paroquial.

Politicamente falando, Santo António da Serra já foi PSD e PS mas virou para o JPP em 2013.

Nas Autárquicas de 2013, o JPP conquistou o poder com 50,1% dos votos.

O movimento liderado por Filipe Sousa já tinha tentado conquistar a Junta nas Autárquicas de 2009 mas, nessa altura, conseguiu apenas 18,6% do eleitorado.

Desde 1976 que a Junta foi governada pelo PSD, à exceção de 1997, ano em que o PS conquistou a Junta.

José António Baptista Reis é o presidente da Junta desde 2013.

O melhor resultado de sempre obtido pelo PSD foi em 1985 quando conseguiu 98,1% do eleitorado. O pior resultado foi em 2017 (21%).

Por seu turno, o PS obteve o seu melhor resultado eleitoral no Santo da Serra em 1997 (49,9%) e o seu pior resultado em 2017 (1,67%).

O CDS obteve o seu melhor resultado de sempre nas eleições Autárquicas de 1989 (16,9%). O pior resultado do CDS foi em 2017 (0,5%).

Em 2001, o PS ainda ensaiou uma coligação com o CDS mas ficou-se pelos 42,1%.

A CDU/APU e a UDP/BE têm obtido no Santo da Serra resultados residuais.

Nas Autárquicas de 2017, o JPP voltou a vencer por 74,50% (447 votos) reelegendo José Antonio Baptista Reis.

O PSD obteve 21% (126 votos); o PS 1,67% (10 votos); o PTP 1,33% (8 votos); o CDS 0,5% (3 votos) e a CDU 0,17% (1 voto).