MPT diz que Governo Regional deveria actuar por causa da poluição nos mares da Madeira

A Comissão Reinstaladora do MPT-Partido da Terra na RAM, no seguimento de diversas notícias que dão conta da poluição existente nos mares da Madeira, resultante da falta de tratamento de águas residuais, veio relembrar que a Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais, em estreita colaboração com o Governo Regional da Madeira, deveria “actuar proactivamente com todas as Autarquias na verificação das suas ETAR’s”.

“São várias e diárias as irregularidades verificadas neste âmbito, muitas (se não todas) de fácil comprovação e conhecimento das autoridades competentes”, considera Valter Rodrigues, pelo MPT.
“Numa nota particular, chamamos a atenção para a ETAR de Câmara de Lobos, estrutura recente mas cujas descargas são feitas a menos de 50 metros da praia, num claro desrespeito pela regulamentação”, aponta.

“Queremos abrir a nossa Ilha a quem nos visita mas acima de tudo a quem aqui reside. É visível a falta de planeamento do actual Governo Regional, que só se preocupa com novas estradas e com a destruição das nossas florestas, mas este será tema para outras linhas”, promete o partido.