Votação fraca às 17 horas, na CMF; apenas cerca de 40% dos eleitores tinha votado a essa hora

Não sabemos, é claro, se tal é um indicador do que se passa em todas as mesas de voto, mas hoje, na Câmara Municipal do Funchal, às 17 horas e numa das secções, o responsável da mesa considerava a afluência ao longo do dia de hoje como “muito fraquinha”. Segundo informou ao Funchal Notícias, até essa hora apenas haviam votado cerca de 40 por cento dos eleitores inscritos.

Mesmo assim, há quem considere números com estes positivos, face à abstenção que era esperada, em plena pandemia da Covid-19. E por falar em pandemia, pelo que pudemos observar, na altura em que estivemos nos Paços do Concelho, a movimentação no interior das áreas onde se identificavam e votavam os eleitores era controlada e respeitava o distanciamento social, mas o mesmo já não era exactamente verdade à entrada.

De uma situação em que só haviam dois eleitores presentes, de repente passou-se para uma situação em que as pessoas se aglomeraram à porta com distância de menos de um metro entre elas… Não muito aconselhável nos tempos que correm.