Marcelo pede esforço suplementar aos portugueses em abril para haver “luzinha” em maio

O Presidente da República pediu hoje um esforço suplementar aos portugueses, até final de abril, para que o País possa encarar com melhores perspetivas o mês de abril. As declarações de Marcelo Rebelo de Sousa surgiram após uma reunião com o primeiro-ministro, partidos e especialistas de saúde.

O levantamento das medidas vai depender da evolução e hoje, no âmbito da reunião, foi afirmado que o esforço dos portugueses está a dar resultados, mas é preciso o tal esforço suplementar.

Em cima da mesa estará a abertura das escolas em maio, designadamente para os anos que envolvem exames.