Jovem de Câmara de Lobos produz material de proteção e oferece a bombeiros e a operacionais camarários

A Câmara Municipal de Câmara de Lobos anunciou ter recebido “uma dádiva de equipamentos de proteção individual, do jovem designer Hugo Abreu, natural do Estreito de Câmara de Lobos, que imprimiu, com recurso a impressora 3D, 100 máscaras de proteção facial que serão utilizadas pelos operacionais camarários no terreno.

O presidente da autarquia, Pedro Coelho, agradeceu e louvou a atitude do jovem Hugo Abreu: ‘Em tempos de incerteza, face ao inimigo que enfrentamos, são atitudes como esta, de um jovem que apesar de diretamente afetado pelo layoff, não desanimou e aplicou os seus conhecimentos e as suas ferramentas para a produção solidária de equipamentos de proteção individual, que farão toda a diferença para a proteção dos colaboradores camarários que trabalham na rua para garantir que Câmara de Lobos não pare com a desinfeção e higienização dos espaços públicos”.

Hugo Abreu, é residente no Estreito de Câmara de Lobos e juntou-se ao “Movimento Maker” que reúne em Portugal  cerca de 8500 pessoas, de diversas áreas do saber, que partilham ideias e conhecimento para o desenvolvimento de protótipos e ideias que ajudem a combater a pandemia do COVID-19.

A viseira de proteção foi idealizada pelo fundador do “Movimento Maker – Portugal”, Bruno Horta em conjunto com outros elementos do grupo, chegando a um modelo, cuja eficácia é reconhecida pelos profissionais de saúde.

Hugo Abreu já tinha produzido e oferecido um lote de viseiras à Corporação de Bombeiros Voluntários de Câmara de Lobos, estendendo agora a sua oferta ao Município de Câmara de Lobos.

Segundo o mesmo está neste momento a produzir “100 unidades para os colaboradores camarários, que estão na linha da frente a proteger o município. Um pequeno gesto que posso fazer para agradecer ao concelho que me viu nascer e crescer”.