Albuquerque visitou exploração agrícola de jovem investidor em São Jorge

O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, visitou hoje uma exploração agrícola em São Jorge, cujo proprietário é Ricardo Rodrigues. Ali se encontram várias produções de fruta e legumes. Entre as frutas produzidas, contam-se anoneiras, abacates e diospiros. A principal produção é o morango. O proprietário diz que não tem tido problemas de escoamento do produto: “Tem havido, até, mais procura do que consigo produzir”. Os apoios oficiais, diz, são importantes, porque o investimento inicial exige um “montante elevado”.
Por seu turno, Miguel Albuquerque referiu a sua satisfação por visitar esta exploração de um jovem agricultor, com 32 anos, e que considerou um exemplo do que se pode fazer quando se investe no sector primário em moldes modernos, “de forma inteligente e planeada”. O investimento pode ser rentável e uma “boa opção de vida para quem quer montar a sua empresa e ter uma posição no mercado”.
O chefe do Executivo, que visitou também Santana, apresentou este exemplo para sustentar a ideia que tem procurado transmitir, a de que já não se justifica apenas pensar na agricultura como uma actividade de subsistência, como antigamente, mas como um verdadeiro investimento.
Albuquerque mencionou que este ano se vai apostar fortemente na exportação de anona e pera abacate.
“Neste momento, temos o avião cargueiro, que está a voar cinco dias por semana (…)”, referiu, o que é uma oportunidade também para “a exportação das nossas frutas”. Frutas essas que, salientou, têm muita procura no mercado madeirense por parte de locais e visitantes.
Questionado sobre o assunto do momento, o coronavírus, o presidente desdramatizou e remeteu todas as recomendações para depois de uma reunião amanhã.