José Eduardo Franco lança amanhã em Lisboa o livro “A Europa ao Espelho de Portugal”

O historiador madeirense José Eduardo Franco lança em Lisboa amanhã o seu livro “A Europa ao Espelho de Portugal”, uma edição da Temas e Debates/Círculo de Leitores. O evento realizar-se-á no próximo dia 18 de Fevereiro, terça-feira, pelas 18h30, na Livraria da Travessa (Rua da Escola Politécnica, 46 | Lisboa). A sessão será presidida pelo Embaixador Luís Faro, presidente do Instituto Camões.

Já a apresentação da obra estará a cargo do académico Viriato Soromenho-Marques (Universidade de Lisboa) e do jornalista Ricardo Vasconcelos (TSF).
É nossa condição irrenunciável sermos europeus, pois a Europa é a nossa matriz geográfica e cultural.
Neste globo, que ajudámos a encurtar, a geografia sempre foi condicionante da cultura.
A Europa é, para nós, um facto. Mas a Europa, para além de facto, por vezes mais próximo e outras mais distante, sempre foi um mito.

No prefácio, o cientista Carlos Fiolhais refere que “o historiador José Eduardo Franco, especialista dos mitos na cultura portuguesa, analisa neste livro, que percorre toda a história de Portugal, os mitos que fomos construindo a respeito do continente que integramos.
Numa época em que a Europa – e nós nela e com ela – se encontra em profunda crise, recomendo vivamente esta reflexão de José Eduardo Franco, que nos permite assentar no passado as nossas reflexões sobre o futuro. O futuro é obviamente uma incógnita.

Apesar de o Padre António Vieira ter escrito a História do Futuro, a Segunda Lei da Termodinâmica impõe a diferença entre passado e futuro, impedindo que exista ou venha algum dia a existir uma história do futuro. Mas haverá com toda a certeza futuro e não há futuro sem história. O conhecimento e a compreensão da história ajudam-nos a construir o futuro”.