LIFE Madeira Lobo-marinho no maior encontro mundial de mamíferos marinhos

Foto DR

O projeto LIFE Madeira Lobo-marinho, que termina este ano, deu a conhecer alguns dos resultados alcançados através de uma palestra que teve lugar em Barcelona.

Trata-se da Conferência Internacional de Mamíferos Marinhos (www.wmmconference.org), que decorre até hoje e é o maior encontro mundial já alguma vez realizado sobre estes animais. Mais de 2500 participantes, oriundos de 90 países, partilharam experiências sobre o que se está a fazer no âmbito da investigação e conservação destas espécies marinhas.

A foca-monge do Mediterrâneo ou lobo-marinho, Monachus monachus, como é conhecida na Região é a foca mais rara do mundo e uma espécie considerada em perigo crítico pela União Internacional para a Conservação da Natureza. Em Portugal, ocorre unicamente no arquipélago da Madeira, mais especificamente nas Ilhas Desertas e Ilha da Madeira.

O Serviço do Parque Natural da Madeira (SPNM) iniciou um projeto para a conservação do Lobo-marinho e do seu habitat em 1988 o que levou à criação da Área Protegida das Ilhas Desertas em 1990 que, entretanto, passaram a Reserva Natural em 1995.

A proteção in loco, a monitorização e o estudo do Lobo-marinho, juntamente com a educação ambiental, têm sido as principais estratégias utilizadas para a sua salvaguarda.