CDU critica “berbicachos do regime” e alegadas fraudes políticas, desta vez em Machico

A CDU foi novamente denunciar os “berbicachos do regime”, desta feita em Machico. Na dita acção política, uma exposição de rua e itinerante da CDU, com “fotos dos projectos falhados, também correspondentes a falsas promessas reportadas a Machico”, dá especial ênfase ao Forte de S. João Baptista.

O coordenador regional da CDU, Edgar Silva, declarou que “o Forte de S. João Baptista, há muito anunciado como hotel, com obras iniciadas em 2004, com repetidas promessas alimentadas até hoje, quer pelo PSD no Governo Regional, quer pelo PS na Câmara de Machico, continua empatado como uma das manchas do fracasso da governação”.

Este responsável criticou os anúncios da parte da governação relativamente à criação de uma atracção turística a partir das prometidas obras de recuperação do Forte, que vêm acontecendo desde 2001. “Esta é uma das vergonhosas situações de fraude política, da falsa ideia de mudança. Prometem, prometem, quer o PSD, quer o PS, anunciam-se como a mudança, mas a porcaria fica na mesma! Por isso, esta é também uma exposição sobre a fraude política cometida nesta Região em nome de uma dita alternância política”, fulminou.