Associação do Caminho Real da Madeira promove “Caminhada Literária” no domingo

A Associação do Caminho Real da Madeira vai promover uma iniciativa que denomina como “Caminhada Literária”, no Caminho Real 28. “No Trilho dos Guanches” é a temática em causa, sendo percorridos cerca de 10 km entre o Paul da Serra e a vila da Ponta do Sol. O Caminho Real nº 28 ligava a Ponta do Sol a São Vicente, numa extensão de 25 quilómetros, recorda a associação.

“A caminhada contará com a presença do escritor madeirense Cristiano Pestana, autor do livro “Uma Aura Atlântica” que guiará os caminheiros pelas páginas da sua obra, desvendando um pouco da sua investigação sobre as histórias da História da Madeira”, refere uma nota desta agremiação de caminheiros.

Guanches é a designação mais vernacular para os indígenas das Canárias, que migraram para a Madeira, na condição de escravos, provenientes das ilhas de Tenerife, La Palma, La Gomera e Gran Canária. Havia guanches na Ponta do Sol, a trabalhar. Existem registos de que João Esmeraldo, residente na Lombada da Ponta do Sol, detinha escravos de origem guanche.

O evento realizar-se-á no domingo, dia 7 de Julho. O ponto de encontro é na vila da Ponta do Sol (estacionamento junto à Ribeira). Os interessados deverão comparecer pelas 8h30 para efeitos de organização de transporte, que terá o apoio da Câmara Municipal da Ponta do Sol.

A Associação do Caminho Real da Madeira, constituída formalmente no dia 17 de Fevereiro de 2017, tem como fim defender, valorizar e promover as rotas centenárias agregadoras do património histórico, etnográfico, cultural, arquitectónico e natural da Madeira, em contextos urbanos, rurais e florestais, através de acções de carácter cultural, pedagógico, científico, desportivo, recreativo, social ou afins.