Montagem das luzes de Natal no Cais da Cidade já com vandalismo à mistura

Cais Natal 1
As estruturas começaram a ser montadas no Cais da Cidade. Foto Rui Marote
Luzes destruídas RM
Logo de manhã, fios deslocados e luzes partidas. Foto Rui Marote
Luzes destruidas-DR
As luzes estão montadas no Cais da Cidade, mas já se registaram atos de vadalismo. Foto DR
Natal cais
Começa a tomar forma a decoração de Natal no Cais da Cidade. Foto Rui Marote

Atos de vandalismo, provavelmente praticados durante a madrugada, começaram já a verificar-se no Cais da Cidade e aos primeiros trabalhos de montagens da iluminação de Natal. Hoje, logo pela manhã, foi possível verificar a destruição de alguns fios e de lâmpadas que preenchiam a estrutura de montagem, num cenário que indicia alguma, para não dizer muita, falta de civismo e responsabilidade face a um momento que deveria ser de todos os madeirenses, o Natal e final de ano de que tanto nos orgulhamos.

Neste momento, a operação de montagem já está no terreno, na sua plenitude, com as duas empresas operacionais, depois do visto ao primeiro concurso e de ter sido levantada a suspensão, pelo Tribunal Administrativo, ao segundo concurso.

Tanto a empresa Teixeira e Couto, do grupo Macedos, o grupo vencedor do fogo de artifício, como am LusStar, a empresa madeirense que tem larga experiência em matéria de iluminações, já colocaram os trabalhadores no terreno tendo em vista assegurar que as luzes vão acender em seu devido tempo.

No entanto, é importante salvaguardar que esta operação tenha o respeito da população, no sentido de preservar a imagem que todos os madeirenses certamente pretendem viver e passar para os milhares de turistas que visitam a região nesta altura do ano e que têm, na decoração que cria ambiente muito próprio da Madeira, mas também no fogo, atrativos que contribuem para o grande cartaz turístico conhecido internacionalmente.