Finanças confirma “constrangimentos” no acesso a contas login por parte de funcionários mas assegura que os contribuintes não foram prejudicados

A propósito da notícia publicada, ontem, dia 21 de outubro de 2018, na edição online do Funchal Notícias, com o título “Funcionários das Finanças que entraram antes da regionalização com senhas expiradas”, a Autoridade Tributária e Assuntos Fiscais da RAM, através da sua Diretora Regional, Lina Camacho veio hoje esclarecer o seguinte:

“No seguimento das medidas insertas no plano de ação nacional da Autoridade Tributária (AT) para efeitos de atualização da nova base de dados do SIADAP-RH com a base de dados do Sistema Gestão de Utilizadores, os serviços centrais da AT deram início à conciliação de acessos com aquela plataforma, procedendo às alterações nacionais e, com o nosso consentimento, às alterações regionais que se mostraram devidas no acesso ao sistema informático de todos os  trabalhadores da administração fiscal, onde se inclui naturalmente, os da AT RAM.

É consuetudinário que, tendo em conta a complexidade do sistema informático da administração tributária, bem como as fortes regras de segurança implementadas pela AT nos acessos informáticos a ser atribuídos por vários níveis de consulta, provoque em qualquer alteração de conta eventuais constrangimentos internos de funcionamento a serem prontamente resolvidos.

Neste sentido e dando continuidade a este plano de ação para atualização de contas no que concerne ao acesso às aplicação informáticas da AT, os serviços ao contribuinte têm estado sempre assegurados dado que foram facultados acessos às contas antigas aos trabalhadores, ou outras soluções, até que a nova situação fique completamente restabelecida.

Assim, a Autoridade Tributária reitera que, em nenhum momento, foram os contribuintes prejudicados por este reajustamento interno da plataforma informática da administração fiscal, sendo também falso que existam registo de reclamações no atendimento ao público relativamente a esta situação especifica”.