PSD vota contra “exagerado aumento de impostos” da Câmara do Funchal, revela vereador Elias Gouveia

Elias Homem de Gouveia
Elias Homem de Gouveia defende a criação de uma Sociedade de Reabilitação Urbana, para elencar prioridades, fazer o levantamento dos prédios devolutos e recuperá-los.

O vereador do PSD Elias Homem de Gouveia denunciou o que considera ser um “exagerado aumento de impostos”, decidido hoje na reunião de Câmara. O PSD votou contra. Aponta “o agravamento para o triplo da taxa de IMI sobre os prédios devolutos no centro da Cidade”, o que “comprova o falhanço das políticas de reabilitação urbana por parte do executivo da Câmara Municipal do Funchal (CMF)”.

“Triplicar o IMI não só é uma medida exagerada, como não vai trazer nada de novo à reabilitação urbana. Pelo contrário vai penalizar e onerar mais os proprietários”, disse o vereador social-democrata, Elias Homem de Gouveia, apontando “o falhanço” das políticas de reabilitação urbana por parte da CMF.

Em alternativa, Homem de Gouveia, defende a criação de uma Sociedade de Reabilitação Urbana, para elencar prioridades, fazer o levantamento dos prédios devolutos e recuperá-los. Apostando assim numa verdadeira reabilitação urbana do Funchal.

“A lei permite, através dessa Sociedade a negociação com os proprietários (…). Outras cidades do País criaram as Sociedades de Reabilitação, e conseguiram outra dinâmica para os centros urbanos”, sublinhou, exemplificando com as cidades de Lisboa, Porto e outras mais pequenas.